Single Blog Title

This is a single blog caption
14
mar

Apiwtxa acompanha SAFs da Resex Alto Juruá

Por: Equipe de Comunicação Apiwtxa

Monit Safs AJ2

Entre 21 e 26 de fevereiro, teve início mais uma etapa de monitoramento dos Sistemas Agroflorestais (SAFs) junto a comunidades da Reserva Extrativista do Alto Juruá, localizadas nos Rios Tejo  e Riozinho e no Igarapé Manteiga.

A produção de mudas e a implantação dos SAFs faz parte do Projeto Alto Juruá, promovido pela Associação Ashaninka do Rio Amônia – Apiwtxa com apoio do BNDES/Fundo Amazônia. O monitoramento realizado contemplou visita às Comunidades Iraçu, Cinco Voltas, Nova Vida, Iracema, Tartaruga, Quatro Bocas, Ermelinda, Alegria, Pedra Alta, São Francisco, Sete Estrelas, Pedra da Capivara, Restauração, Foz do Manteiga, e Índios.

Monit Safs AJ3

A despeito da frequência e intensidade das chuvas, a equipe técnica pode constatar que há uma grande extensão de áreas plantadas, e concluir que os processos de reflorestamento e implantação de Sistemas Agroflorestais vêm avançando de modo satisfatório. Em geral, os plantios estão sendo conduzidos e mantidos principalmente em áreas de agricultura familiar de subsistência (roçados) e no entorno das casas de cada família. Os participantes do projeto, de um modo geral, têm sido cuidadosos, investindo no plantio de áreas que tenham capacidade para manter.

O projeto, contudo, como qualquer ação de grande porte, ainda guarda espaço para otimizar seus resultados, o que demanda também a continuidade do envolvimento e compromisso dos membros das próprias comunidades beneficiárias.As principais necessidades colocadas pelas famílias envolvidas são investimentos em equipamentos e assistencia técnica para manutenção das áreas plantadas. A atenção nesse sentido, refere-se, por exemplo, à interação entre os plantios e a vegetação espontânea e à vulnerabilidade de espécies frutíferas cítricas a doenças. Outro aspecto apontado pelas comunidades é a atual dificuldade para comercialização das produções dos SAFs. Francisco Márcio Simão e seu pai Zenildo Moreira da Silva, grandes produtores de polpa de cupuaçu na região, pensam agora na implantação de tecnologias para redução do tempo de despolpamento da fruta, e lamentam os desafios que ainda existem para armazenamento e comercialização da produção.Monit Safs AJ4

A comercialização tem sido uma discussão central em todas as comunidades da região. Por isso, a expectativa é grande para o início da atividade da agroindústria em Marechal Thaumaturgo e para a inauguração do Mercado de Polpas da Comunidade Restauração, que se encontra em fase final de preparação para entrar em funcionamento. O mercado de polpas contará com tecnologia solar para fornecimento de eletricidade para os equipamentos de resfriamento e armazenamento de polpas produzidas nas comunidades. O empreendimento é também obra do Projeto Alto Juruá, e acredita-se que irá contribuir para autonomia dos produtores e fortalecimento da economia local, vez que os produtos gerados na região poderão ser comercializados nesse estabelecimento.  Monit Safs AJ8

A Apiwtxa dará continuidade às visitas de monitoramento em breve, nas demais comunidades contempladas, as quais reportaremos aqui.

You are donating to : Greennature Foundation

How much would you like to donate?
$10 $20 $30
Would you like to make regular donations? I would like to make donation(s)
How many times would you like this to recur? (including this payment) *
Name *
Last Name *
Email *
Phone
Address
Additional Note
paypalstripe
Loading...